domingo, 5 de agosto de 2012

O feminismo é pop

Luta pela igualdade das mulheres está muito mais presente na cultura pop do que você imagina
Revista TPM




Panmela Castro Aka Anarkia Boladona - Grafiteira carioca que recentemente ganhou o DVF Awards, prêmio anual dado a mulheres que lutam para diminuir a violência e a injustiça de gênero, pela Diller-von Fustenberg Family Foundation. usa sua arte para divulgar a Lei Maria da Penha e combater a violência contra a mulher.




Karina Buhr - No dia das mulheres a cantora, compositora e atriz lançou a ação "Sexo Ágil", um ensaio-manifesto protestando contra o machismo próprio não só de muitos homens como também de muitas mulheres: "O Brasil é um país muito machista (os homens e as mulheres), que tem um discurso lindo a respeito da burca alheia, mas não olha pro próprio pé"




Shonda Rhimes, roteirista e produtoa é responsável por seriados em que as mulheres são protagonistas, mostrando seus dramas sem cair em estereótipos fáceis. Os principais são "Grey’s Anatomy", "Private Practice" e o recente "Scandal"




Katniss Everdeen - Protagonista da trilogia de livros "Jogos Vorazes" (no cinema interpretada por Jennifer Lawrence). Torna-se voluntária para salvar sua irmã e acaba tornando-se líder de uma rebelião contra um regime totalitarista. A antítese da personagem Bella Swan, da saga "Crepúsculo"




Marcia Tiburi - Filósofa, tem um trabalho voltado para aproximar o pop e a filosofia. "Sou livre moralmente, financeiramente, economicamente, psicologicamente. E tem um monte de mulheres que não é. Sou feminista por solidariedade, sobretudo porque não preciso, porque quero e acho isso muito forte. Sou feminista para libertar as outras, para não precisar existirem mais feministas" (Revista Quem, junho 2011).




Arya - Personagem da série "Game of Thrones". Filha de um dos homens mais poderosos do reino, recusa-se a aprender a bordar. Prefere espadas e lutas.




Fernanda Montenegro - Além de ser uma das maiores atrizes do país, extremamente respeitada, durante três anos (2009-2011) estrelou o monólogo "Viver sem Tempos Mortos", apresentado Simone de Beauvoir e suas ideias a milhares de pessoas que lotavam os teatros.




Lisbeth Salander - A heroína sueca da trilogia bestseller Millenium que vinga as mulheres lutando contra homens estupradores (interpretada na versão sueca por Noomi Rapace [foto] e na versão americana por Rooney Mara). Androginia e sexualidade sem fronteira.




As empreguetes de "Cheias de Charme" - Penha, Rosário e Cida mostram que as empregadas domésticas, historicamente submissas pelo sistema capitalista e patriarcal, não aceitam humihações e sabem o valor que tem. São companheiras, e apesar dos relacionamentos com homens ciumentos, encostados e um mau caráter, já explicitaram que sua felicidade não depende apenas de estar com alguém, querem ser independentes e conquistarem seus sonhos.




Marcha das Vadias - O movimento de surgiu em Toronto como resposta a um policial que acusou as mulheres de serem estupradas por causa de suas roupas ganhou o mundo e apresenta pautas historicamente feministas de forma debochada e questionadora.




Rita Lee - O rock brasileiro e os hinos feministas nunca mais foram os mesmos depois que Rita Lee apareceu. Mesmo ao anunciar que não fará mais shows, mostra-se questionadora e atualizada.




Madonna - É um grande clichê associar Madonna ao feminismo, porém, ela continua produzindo discos e lotando shows com sua energia e seu girl power que movimenta a liberdade das mulheres. Além de ícone da libertação gay, comandou sua carreira com mãos de ferro, sem fazer concessões e mostrou que as mulheres também têm desejos sexuais e fetiches. Atualmente mostra que sua idade (53 anos) também não é limite pra nada.




Merida - A princesa do filme "Valente", da Disney/Pixar, desafia as tradições de seu reino. Uma jovem que num momento de impetuosidade deseja mudar sua mãe mas que acaba compreendendo que o desejo de liberdade passa também pela compreensão de que nossa vida também possui laços com nossa família. Portanto, mãe e filha aprendem e respeitam as qualidades uma da outra.

Um comentário:

Obrigada por ter deixado um recado...volte novamente para podermos trocar experiências e novidades...beijao!!!